Reflexão do Evangelho 03/09/2019

Congresso Estadual Jubilar 2019 – RCC Paraná
setembro 2, 2019
Reflexão do Evangelho 04/09/2019
setembro 4, 2019

Evangelho de hoje (Lc 4,31-37)

«Eles ficavam maravilhados com os seus ensinamentos, pois sua palavra tinha autoridade». A pregação de Jesus era muito diferente da dos outros mestres e isso fazia com que as pessoas se espantassem e se admirassem. Certamente, ainda que o Senhor não tivesse estudado (Jo 7,15), desconcertava a todos com sua doutrina, porque «falava com autoridade». Seu estilo possuía a autoridade de quem se sabia o “Santo de Deus”. O mais admirável da fala de Jesus Cristo, era esse saber harmonizar a autoridade divina com a mais incrível simplicidade humana. Autoridade e simplicidade eram possíveis em Jesus graças ao conhecimento que possuía do Pai e de sua relação de amorosa obediência a Ele. Esta relação com o Pai é o que explica a harmonia única entre a grandeza e a humildade. A autoridade de seu falar não se ajustava aos parâmetros humanos; não havia disputa, nem interesses pessoais ou desejo de sobressair. Era uma autoridade que se manifestava tanto na sublimidade da palavra ou da ação como na humildade e simplicidade. Não houve nos seus lábios nem vaidade pessoal, nem soberba nem gritos. Mansidão, doçura, compreensão, paz, serenidade, misericórdia, verdade, luz, justiça… Foi o aroma que rodeava a autoridade de seus ensinos.

São Gregório Magno, papa e doutor da Igreja, rogai por nós!
Shalom 🙏 Veni Sancte Spiritus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *