Reflexão do Evangelho 06/11/2019

Reflexão do Evangelho 05/11/2019
novembro 5, 2019
Reflexão do Evangelho 07/11/2019
novembro 7, 2019

Evangelho de hoje (Lc 14,25-33)

«Quem não carrega sua cruz e não caminha após mim, não pode ser meu discípulo!» Essas palavras do Senhor não devem desconcertar ninguém. O amor a Deus e a Jesus Cristo deve ocupar o primeiro lugar na nossa vida e devemos afastar tudo aquilo que ponha obstáculos a este amor: «Amemos neste mundo a todos, comenta São Gregório Magno, ainda que seja ao inimigo; mas odeie-se o que se nos opõe no caminho de Deus, ainda que seja parente… Devemos, pois, amar o próximo; devemos ter caridade com todos; com os parentes e com os estranhos, mas sem nos afastarmos do amor de Deus por amor deles». Em última análise, trata-se de observar a ordem da caridade: Deus tem prioridade sobre tudo! Assim como é imprudente um rei que pretende lutar com um número insuficiente de soldados, também é insensato quem quiser seguir o Senhor sem renunciar a todos os seus bens. Esta renúncia das riquezas há de ser efetiva e concreta: o coração deve estar desembaraçado de todos os bens materiais para poder seguir os passos do Senhor, pois é impossível «servir a Deus e ao dinheiro». Não é infrequente que o Senhor peça a alguns viver em pobreza absoluta e voluntária; e de todos exige o desprendimento afetivo e a generosidade ao empregar os bens materiais. Todo cristão há de estar pronto a renunciar à própria vida, com mais motivo há de está-lo relativamente às riquezas: «Se és homem de Deus, põe em desprezar as riquezas o mesmo empenho que põem os homens do mundo em possuí-las» (Caminho. n° 633).

À Jesus, toda a honra, louvor e adoração!
Shalom 🙏 Veni Sancte Spiritus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *