Reflexão do Evangelho 11/07/2019

Reflexão do Evangelho 10/07/2019
julho 10, 2019
Reflexão do Evangelho 12/07/2019
julho 12, 2019

Evangelho de hoje (Mt 10,7-15)

«Ao entrardes numa casa, saudai-a: se a casa for digna, desça sobre ela a vossa paz; se ela não for digna, volte para vós a vossa paz». A palavra «paz» era e continua a ser a saudação usual entre os Judeus. Mas na boca dos Apóstolos devia adquirir um significado mais profundo: a manifestação da bênção de Deus, que os discípulos de Jesus, como enviados Seus, derramam sobre aqueles que os acolhem. Este mandato do Senhor não termina naquela missão concreta, mas é como que uma profecia para toda a história posterior. O mensageiro de Cristo não desanima quando a sua palavra não é acolhida. Sabe que a bênção de Deus não fica vazia nem é ineficaz (Is 55, 11) e todo o esforço por parte do cristão sempre dará fruto. Em qualquer caso, a palavra apostólica leva consigo a graça da conversão: «muitos dos que tinham ouvido a Palavra abraçaram a Fé, e o número, só dos homens, elevou-se a uns cinco mil» (At 4,4). O homem deve prestar atenção a essa palavra do Evangelho e acreditar nela. Se a aceitar e perseverar nela, receberá a consolação da sua alma, a paz do seu espírito (At 8, 3.9) e a salvação (At 11, 4-18). Mas se a rejeitar, não estará isento de culpa e Deus julgá-lo-á por se ter fechado à graça que lhe foi oferecida.

São Bento, abade e patrono da Europa, rogai por nós!
Shalom 🙏 Veni Sancte Spiritus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *