Reflexão do Evangelho 17/04/2019

Reflexão do Evangelho 16/04/2019
abril 16, 2019
Reflexão do Evangelho 18/04/2019
abril 18, 2019

Evangelho de hoje (Mt 26,14-25):

«Um de vós me vai entregar». Trinta moedas de prata não eram uma quantia desprezível. Na Palestina, por esse preço adquiria-se um escravo. Alguém poderia estranhar que o Filho de Deus custasse o preço de um escravo. Ora, a cruz era proibida a um cidadão romano, mas cabia muito bem a um escravo revoltoso. E foi na Cruz que Jesus se entregou a nós. Paulo apóstolo, cidadão do Império, foi decapitado porque o Direito Romano não permitia que fosse crucificado. Quem estranhou não terá entendido, talvez, a passagem de Fl 2,6ss: “Sendo Ele [Jesus] de condição divina (…), despojou-se, tomando a condição de servo [escravo]… Ele se rebaixou, tornando-se obediente até a morte, e morte numa cruz.” Ao abrir mão, livremente, de sua vontade própria: “Pai, não se faça a minha vontade, mas a Tua” (Lc 22,42), Jesus se aniquila da mesma forma como os escravos se aniquilavam diante de seus donos. Trata-se de um abandono total, sem reservas, movido pelo amor sem limites, a filantropia de Deus por seu povo, que os Padres gregos chamavam de “manikos éros”, o louco amor de Deus.

Shalom 🙏 Veni Sancte Spiritus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *