Reflexão do Evangelho 19/07/2019

3º DIA Novena a Nossa Senhora do Carmo – Livrai-nos do desânimo
julho 18, 2019
4º DIA Novena a Nossa Senhora do Carmo – Livrai-nos do desânimo
julho 19, 2019

Evangelho de hoje (Mt 12,1-8)

«Deus viu tudo o que tinha feito: era muito bom… E repousou, no sétimo dia, de todo trabalho que tinha realizado» (Gn 1,31-2,2). As obras de Deus são boas e Ele repousará nas nossas obras, se estas também forem boas. Foi como sinal deste repouso que Ele prescreveu ao povo hebraico a observância do sábado. Mas eles praticavam-no de uma forma tão material que acusavam Nosso Senhor quando O viam operar a nossa salvação em dia de sábado. Tal atitude valeu-lhes uma resposta justa: «Meu Pai trabalha constantemente e Eu também trabalho» (Jo 5,17), não só governando com Ele toda a criação, mas realizando a nossa salvação. Deus não Se fatigou ao criar, nem repousou ao cessar de criar; mas, pela linguagem da Sagrada Escritura, quis inspirar-nos o desejo do seu repouso. Quis santificar aquele dia como se, mesmo para Ele que não Se fatiga ao trabalhar, o repouso tivesse mais valor do que a ação. É isso que o evangelho nos ensina quando o Senhor diz que Maria, ao sentar-se e permanecer em repouso a seus pés para escutar a sua palavra, escolheu uma parte melhor do que a de Marta, ainda que esta se dedicasse a obras de serviço (Santo Agostinho).

Shalom 🙏 Veni Sancte Spiritus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *