Reflexão do Evangelho 21/08/2019

Reflexão do Evangelho 20/08/2019
agosto 20, 2019
Reflexão do Evangelho 22/08/2019
agosto 22, 2019

Evangelho de hoje (Mt 20,1-16)

«Assim, os últimos serão os primeiros, e os primeiros serão os últimos».
Os trabalhadores da última hora! A parábola refere-se diretamente ao povo judaico. Deus o chamou na primeira hora, desde há séculos. Ultimamente chamou também os gentios. Todos são chamados com o mesmo direito a fazer parte do novo Povo de Deus, que é a Igreja. Para todos o convite é gratuito. Por isso, os Judeus, que foram chamados primeiro, não teriam razão ao murmurar contra Deus pela escolha dos últimos, que têm o mesmo prêmio: fazer parte do Seu Povo. À primeira vista, o protesto dos jornaleiros da primeira hora parece justo. E parece-o, porque não compreendem que poder trabalhar na vinha do Senhor é um dom divino. Jesus deixa claro com a parábola que são diversos os caminhos pelos quais chama, mas que o prêmio é sempre o mesmo: o Céu! Quanto a mim, o que me interessa é saber que eu posso, ainda hoje, mesmo tendo perdido tantas oportunidades anteriores, atender ao chamado de Jesus e começar a trabalhar em sua vinha. Posso ter desperdiçado muito tempo; posso ter caído no fundo do poço; posso ter vivido na ilusão do mundo, mas ainda é tempo – mesmo na undécima hora, de acolher o chamado divino e experimentar o amor do Pai!

São Pio X, papa, rogai por nós!
Shalom 🙏 Veni Sancte Spiritus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *