Reflexão do Evangelho 02/10/2021

Bom dia!• Espírito Santo! O que vamos fazer juntos hoje….

Memória dos santos Anjos da Guarda. “Todo fiel tem junto de si um anjo como tutor e pastor, para levá-lo à vida”, dizia São Basílio ao se referir ao anjo da guarda, aquele que Deus dispõe a cada um desde a concepção e cuja festa se celebra neste dia 2 de outubro.
 
Evangelho de hoje, 02 de outubro (Mt 18,1-5.10): “Aos seus anjos ele mandou que te guardem em todos os teus caminhos” (Sl 90, 11).
Os discípulos se aproximaram de Jesus e perguntaram-Lhe: «Quem é o maior no reino dos Céus?». Jesus chamou uma criança, colocou-a no meio deles e disse-lhes: «Em verdade vos digo: se não vos converterdes e não vos tornardes como as crianças, não entrareis no reino dos Céus. Quem for humilde como esta criança, esse será o maior no reino dos Céus. E quem acolher em meu nome uma criança como esta, acolhe-Me a Mim. Vede bem. Não desprezeis um só destes pequeninos. Eu vos digo que os seus Anjos veem constantemente o rosto de meu Pai que está nos Céus».
 
COMENTÁRIO: «Os seus anjos, no Céu, veem constantemente a face de Meu Pai». Meus irmãos: os anjos da guarda são os nossos amigos mais fiéis, porque estão conosco de dia, de noite, em todos os momentos e em todos os lugares; a fé nos ensina que os temos sempre ao nosso lado. É isso que leva Davi a dizer: «Nenhum mal te acontecerá. Ele deu ordens aos Seus anjos, para que te guardem em todos os teus caminhos» [Sl 91 (90), 10-11]. E, para demonstrar como são grandes os desvelos que têm conosco, o profeta diz que eles nos trazem nos braços, como uma mãe leva o seu filho. Ah! É que o bom Deus previu os perigos sem número aos quais seríamos expostos na terra, entre tantos inimigos que não procuram senão a nossa perdição. Sim, são os nossos anjos bons que nos consolam das nossas penas, que nos alertam quando o demônio nos vem tentar, que apresentam a Deus as nossas orações e todas as nossas boas ações, que nos assistem na hora da morte e apresentam as nossas almas ao juiz soberano. O trato dos anjos com os homens é tão frequente desde o princípio do mundo que a Sagrada Escritura se lhes refere a cada passo. Quase todos os patriarcas e profetas foram por eles instruídos acerca da vontade do Senhor. Muitas vezes até vemos que Deus Se faz representar pelos anjos. Mas, dir-me-eis, se os víssemos teríamos muito mais confiança neles? Se isso fosse necessário para a salvação da nossa alma, o bom Deus tê-los-ia tornado visíveis. No entanto, isso não nos interessa, porque na nossa religião tudo conhecemos através da fé, para que as nossas ações sejam mais meritórias. Se quereis saber o número dos anjos, as suas funções, dir-vos-ei que são inúmeros: uns foram criados para honra de Jesus Cristo durante a Sua vida oculta, sofredora e gloriosa, ou para serem guardiães dos homens sem que, por isso, deixem de fruir da divina presença; outros dedicam-se à contemplação das perfeições de Deus, ou então velam pela nossa segurança e providenciam todos os meios necessários à nossa santificação. Embora o bom Deus seja autossuficiente utiliza o ministério dos Seus anjos para governar o mundo (São João Maria Vianney, Presbítero, cura de Ars).
 
Orai sem cessar: “Santo anjo do Senhor, meu zeloso guardador, se a ti me confiou a piedade divina, sempre me rege, me guarda, me governa, me ilumina. Amém!”
À Jesus, toda honra, louvor e adoração!
Shalom🙏👼👼👼👼👼👼👼Veni Sancte Spiritus! Veni Lumem Cordium!

Compartilhe Também

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

INSCREVA-SE NO BOLETIM INFORMATIVO

Inscreva-se para receber nossas últimas notícias

Mais para você ler