Reflexão do Evangelho 06/05/2021

Bom dia Espírito Santo! O que vamos fazer juntos hoje….

Evangelho de hoje, 06 de maio (Jo 15, 9-11): «Permanecei no meu amor»
«Como meu Pai me ama, assim também eu vos amo. Permanecei no meu amor. Se observardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor, assim como eu observei o que mandou meu Pai e permaneço no seu amor. Eu vos disse isso, para que a minha alegria esteja em vós, e a vossa alegria seja completa».
 
COMENTÁRIO: «Como meu Pai me ama, assim também Eu vos amo»! Amar não é fácil. Já que o amor não consiste em usar o outro para meu bel-prazer; nem ser o centro das atenções de alguém; nem mesmo experimentar arrepios e devaneios românticos. Amar não é fácil, pois a natureza humana degenerada pelo pecado é incapaz do verdadeiro amor se não for regenerada pela Graça divina. O amor de Jesus não se limitou a Maria e José. Seu afeto não estacionou no grupo dos discípulos fieis, mas incluiu a covarde negação de Pedro e a traição de Judas. No momento de sua prisão, Jesus “cola” a orelha de Malco que a espada decepara, beneficiando um perseguidor. Já cravado no madeiro da Cruz, Jesus ainda roga ao Pai que perdoe seus carrascos. Lev Gillet põe estas palavras na boca de Cristo, o amoroso: “Meus bem-amados, eu quero revelar-vos minha essência, minha presença, e tornar ativa em vós uma visão de mim mesmo. Eu sou o Amor sem limites. Não conheço limite algum no tempo. Não conheço limite algum no espaço. Não há lugar onde eu não me encontre. Não há momento algum onde eu não exprima o que sou. Amados meus, ajustai vossos sentimentos ao sopro, ao toque divino. Sede as cordas vibrantes que transmitem meu Amor sem limites”. O amor de Cristo aos cristãos é reflexo do amor que as três Pessoas divinas têm entre Si e para com os homens: «Amemos a Deus porque Ele nos amou primeiro» (l Jo 4,19). A certeza de que Deus nos ama é a raiz da alegria e do gozo cristão, mas ao mesmo tempo exige a nossa correspondência fiel, que deve traduzir-se num desejo fervoroso de cumprir a Vontade de Deus em tudo, isto é, os Seus mandamentos, à imitação de Jesus Cristo que cumpriu a Vontade do Pai (Jo 4,34).
 
Orai sem cessar: «Deus ama quem dá com alegria!» (2Cor 9,7)
À Jesus, toda honra, louvor e adoração!
Shalom🙏Veni Sancte Spiritus! Veni Lumem Cordium!

Compartilhe Também

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

INSCREVA-SE NO BOLETIM INFORMATIVO

Inscreva-se para receber nossas últimas notícias

Mais para você ler