Reflexão Do Evangelho 13/07/2021

Bom dia Espírito Santo! O que vamos fazer juntos hoje…..

Evangelho de hoje, 13 de julho (Mt 11,20-24): «Jesus censura aqueles que não se converteram»
Jesus começou a censurar as cidades nas quais tinha sido realizada a maior parte de seus milagres, porque não se converteram. «Ai de ti, Corazim! Ai de ti, Betsaida! Se em Tiro e Sidônia se tivessem realizado os milagres feitos no meio de vós, há muito tempo teriam demonstrado arrependimento, vestindo-se de saco e cobrindo-se de cinza. Pois bem! Eu vos digo: no dia do julgamento, Tiro e Sidônia terão uma sentença menos dura do que vós. E tu, Cafarnaum! Acaso serás elevada até o céu? Até o inferno serás rebaixada! Pois se os milagres realizados no meio de ti se tivessem produzido em Sodoma, ela existiria até hoje! Eu, porém, te digo: no dia do juízo, Sodoma terá uma sentença menos dura do que tu!».
 
COMENTÁRIO: Hoje, Jesus nos mostra como se arriscam a perecer no fogo do Inferno os que rejeitam a Ele e a pregação dos Apóstolos. Lembremo-nos, antes de mais, que o contexto em que está inserido este Evangelho é o sermão com que Jesus dá aos discípulos, escolhidos há pouco, as instruções sobre como levar a Palavra ao restante de Israel. “Ai de ti, Corazim! Ai de ti, Betsaida”, recrimina Ele as cidades impenitentes, que, tendo visto uma multidão de prodígios e escutado as maravilhas da pregação evangélica, não quiseram converter-se. “Por isso te digo: no dia do juízo, haverá menor rigor para Sodoma do que para ti”. E o diz Aquele que poucos versículos à frente irá declarar: “Eu sou manso e humilde de coração” (Mt 11, 29). Pois a ira de que o Senhor é aqui tomado contra os que O rejeitam nada mais é do que uma manifestação de sua entranhada misericórdia. É por nos amar e nos querer sentados à mesa do banquete celestial que Ele nos adverte: “Serás jogada no inferno!”; é por nos ter tão presentes em seu Coração adorável e Sagrado que Ele não poupa palavras, duras mas verdadeiras, para estimular a nossa consciência e nos fazer acordar para a dramática situação em que nos pomos ao desprezá-Lo: “Acaso serás erguida até o céu? Não!” Como filhos bons e obedientes, ouçamos com temor as censuras justíssimas que hoje, por boca de seu Filho unigênito, nos dirige o Pai altíssimo, que premia os bons com a felicidade eterna do Céu e castiga os maus para sempre com as penas intermináveis do Inferno. Não percamos tempo; convertamo-nos nesta hora de misericórdia, antes que chegue o momento da justiça.
 
Orai sem cessar: “Arrependei-vos e convertei-vos para serem apagados os vossos pecados” (At 3,19).
Sto Henrique, rogai por nós, pela Igreja de Cristo e pelo fim da Pandemia!
Sangue de Cristo, torrente de Misericórdia, salvai-nos!
Shalom🙏Veni Sancte Spiritus! Veni Lumem Cordium!

Compartilhe Também

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

INSCREVA-SE NO BOLETIM INFORMATIVO

Inscreva-se para receber nossas últimas notícias

Mais para você ler