Reflexão Do Evangelho 22/06/2021

Bom dia Espírito Santo! O que vamos fazer juntos hoje…

Evangelho de hoje, 22 de junho (Mt 7,6.12-14): «Entrai pela porta estreita»
Disse Jesus aos seus discípulos: «Não deis aos cães o que é santo, nem lanceis aos porcos as vossas pérolas, para que eles não as pisem com os pés e, voltando-se contra vós, vos despedacem. Tudo quanto quiserdes que os homens vos façam, fazei-o também a eles, pois nisto consiste a Lei e os Profetas». Entrai pela porta estreita, porque larga é a porta e espaçoso o caminho que leva à perdição e muitos são os que seguem por eles. Como é estreita a porta e apertado o caminho que conduz à vida e como são poucos aqueles que os encontram!»
 
COMENTÁRIO: Algumas pessoas confundem os ensinamentos do Evangelho e vulgarizam a Palavra de Deus de acordo com as suas conveniências. Mas o Pai sabe que devemos fazer força e colaborar com sua graça para chegar à salvação. O Apóstolo Paulo sabia disso. Por isso escreveu: “Todos os atletas se impõem muitas privações; e o fazem para alcançar uma coroa corruptível. Castigo o meu corpo e o mantenho em servidão, de medo de vir eu mesmo a ser excluído depois de ter pregado aos outros” (1Cor 9,25.27). Quem se permite todos os prazeres, todas as facilidades, buscando fazer sempre a própria vontade e seguindo suas inclinações naturais, este optou pela porta larga: “a via que leva à perdição”. Todos os mestres espirituais sempre ensinaram que é preciso morrer para nós mesmos, se é que queremos fazer a vontade de Deus. Esta é exigente, supõe uma permanente superação de nossas más inclinações naturais. Hoje, a vida ascética é objeto de risos e zombarias. As perseguições não são uma realidade do passado, frequentemente sofremos quer de forma cruenta, como tantos mártires contemporâneos, quer duma maneira mais sutil, através de calúnias e falsidades. Outras vezes, com zombarias que tentam desfigurar a nossa fé e nos fazer passar por pessoas ridículas. Buscar a porta estreita, mesmo que nos acarrete problemas: isso é santidade! Os santos e os mártires viveram assim. Isso explica porque muitos intelectuais e acadêmicos tenham tal alergia pela leitura da vida dos santos. A porta estreita é a porta dos ensinamentos evangélicos, difíceis de vivenciarmos, mas que nos leva à vida eterna. O homem que tem uma vida “fácil” perde-se também com facilidade, porque coloca a sua alma naquilo que só dá prazer, que é transitório. Muitas vezes queremos seguir o caminho mais fácil, que nos custa menos, no entanto, é a estrada que nos leva a perdição…
 
Orai sem cessar: “Senhor, faz-me viver em teus caminhos!” (Sl 118, 37)
Santos Paulino de Nola, João Fisher e Tomás More, rogai por nós, pelos cristãos perseguidos e martirizados no mundo inteiro e pelo fim da Pandemia!
À Jesus, toda a honra, louvor e adoração!
Shalom🙏Veni Sancte Spiritus! Veni Lumem Cordium!

Compartilhe Também

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

INSCREVA-SE NO BOLETIM INFORMATIVO

Inscreva-se para receber nossas últimas notícias

Mais para você ler