Reflexão do Evangelho 22/11/2020

Bom dia Espírito Santo! O que vamos fazer juntos hoje…

Evangelho de hoje, 22 de novembro (Mt 25,31-46):

Jesus Cristo, Rei do Universo
Disse Jesus a seus discípulos: “Quando o Filho do homem vier em sua glória, acompanhado de todos os anjos, então se assentará em seu trono glorioso. Todos os povos da terra serão reunidos diante dele, e ele separará uns dos outros, assim como o pastor separa as ovelhas dos cabritos. E colocará as ovelhas à sua direita e os cabritos à sua esquerda. Então o rei dirá aos que estiverem à sua direita: ‘Vinde, benditos de meu Pai! Recebei como herança o reino que meu Pai vos preparou desde a criação do mundo! Pois eu estava com fome e me destes de comer; eu estava com sede e me destes de beber; eu era estrangeiro e me recebestes em casa; eu estava nu e me vestistes; eu estava doente e cuidastes de mim; eu estava na prisão e fostes me visitar’. Então os justos lhe perguntarão: ‘Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer? Com sede e te demos de beber? Quando foi que te vimos como estrangeiro e te recebemos em casa, e sem roupa e te vestimos? Quando foi que te vimos doente ou preso e fomos te visitar?’ Então o rei lhes responderá: ‘Em verdade eu vos digo que, todas as vezes que fizestes isso a um dos menores de meus irmãos, foi a mim que o fizestes!’ Depois o rei dirá aos que estiverem à sua esquerda: ‘Afastai-vos de mim, malditos! Ide para o fogo eterno, preparado para o diabo e para os seus anjos. Pois eu estava com fome e não me destes de comer; eu estava com sede e não me destes de beber; eu era estrangeiro e não me recebestes em casa; eu estava nu e não me vestistes; eu estava doente e na prisão e não fostes me visitar’. E responderão também eles: ‘Senhor, quando foi que te vimos com fome ou com sede, como estrangeiro ou nu, doente ou preso, e não te servimos?’ Então o rei lhes responderá: ‘Em verdade eu vos digo, todas as vezes que não fizestes isso a um desses pequeninos, foi a mim que não o fizestes!’ Portanto, estes irão para o castigo eterno, enquanto os justos irão para a vida eterna”.
 
COMENTÁRIO: «Vinde, benditos de meu Pai; recebei como herança o reino». Cristo, isto é, a misericórdia celeste, vem cada dia bater à porta da tua casa: não vem só espiritualmente à porta da tua alma, mas vem também materialmente à porta da tua casa. Porque, cada vez que um pobre se aproxima da tua casa, é, sem qualquer dúvida, Cristo que vem, Ele que disse: «Quantas vezes o fizestes a um dos meus irmãos mais pequeninos, a Mim o fizestes.» Não endureças, pois, o teu coração; dá algum dinheiro a Cristo, de quem desejas receber o Reino; dá um pouco de pão àquele de quem esperas receber a vida; acolhe-o em tua casa, para que ele te receba no paraíso; dá-lhe esmola para que em troca ele te dê a vida eterna. Que audácia a tua, de quereres reinar no Céu com aquele a quem recusas a esmola neste mundo! Se o receberes durante esta viagem terrena, Ele te acolherá na sua felicidade eterna; se o desprezares aqui na tua pátria, Ele afastará de ti o seu olhar na glória. Diz o salmo: «Na tua cidade, Senhor, desprezas a imagem deles» (Sl 72,20); se, na nossa cidade, isso é, nesta vida, desprezarmos os que foram feitos à imagem de Deus (Gn 1,26), devemos recear ser rejeitados na sua cidade eterna. Praticai, pois, a misericórdia aqui em baixo; graças à vossa generosidade, ouvireis esta feliz palavra: «Vinde, benditos de meu Pai; recebei como herança o reino» (São Cesário de Arles, monge, bispo).
 
Orai sem cessar: “Senhor, vós sois a minha parte de herança e meu cálice; vós tendes nas mãos o meu destino!” (Sl 15,5)
À Jesus, toda honra, louvor e adoração!
Shalom🙏Veni Sancte Spiritus! Veni Lumem Cordium!*

Compartilhe Também

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

INSCREVA-SE NO BOLETIM INFORMATIVO

Inscreva-se para receber nossas últimas notícias

Mais para você ler

LOJA VIRTUAL

(Clique na imagem para acessar)

fechar
Comece a digitar para ver as postagens que está procurando.
Voltar Ao Topo