Reflexão do Evangelho 23/02/2021

Bom dia Espírito Santo! O que vamos fazer juntos hoje….

Evangelho de hoje, 23 de fevereiro (Mt 6,7-15): «Como deve rezar um cristão?»
Disse Jesus aos seus discípulos: «Quando orardes, não digais muitas palavras, como os pagãos, porque pensam que serão atendidos por falarem muito. Não sejais como eles, porque o vosso Pai bem sabe do que precisais, antes de vós Lhe pedirdes. Orai assim: “Pai nosso, que estais nos Céus, santificado seja o vosso nome; venha a nós o vosso reino; seja feita a vossa vontade assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje; perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido; e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal”. Porque se perdoardes aos homens as suas faltas, também o vosso Pai Celeste vos perdoará. Mas se não perdoardes aos homens, também o vosso Pai não vos perdoará as vossas faltas».
 
COMENTÁRIO: Hoje, Jesus – que é o Filho de Deus – me ensina a me comportar como um filho de Deus. O primeiro ponto é a confiança quando falo com Ele. Mas o Senhor adverte: «Quando orardes, não useis de muitas palavras, como fazem os pagãos. Eles pensam que serão ouvidos por força das muitas palavras». Porque os filhos, quando falam com os pais, não usam raciocínios complicados, nem muitas palavras, mas com simplicidade pedem tudo aquilo que precisam. Sempre tenho a confiança de ser ouvido porque Deus, que é Pai, me ama e escuta. De fato, orar não é informar a Deus, mas Lhe pedir tudo o que preciso, já que «vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes de vós Lhe pedirdes». Não seria um bom cristão se não oro, como não pode ser bom filho quem não fala habitualmente com seus pais. O Pai Nosso é a oração que Jesus mesmo nos ensinou, e é um resumo da vida cristã. Cada vez que rezo ao Pai Nosso, deixo-me levar pela sua mão e lhe peço aquilo que preciso cada dia para ser melhor filho de Deus. Preciso, não somente o pão material, mas, sobretudo, o Pão do Céu. «Peçamos que nunca nos falte o Pão da Eucaristia». Também aprender a perdoar e a ser perdoados: «Para poder receber o perdão que Deus nos oferece, dirijamo-nos ao Pai que nos ama». Precisamos nos aprofundar na oração. «A oração é conversar com Deus, é o bem maior, porque constitui uma união como Ele» (São João Crisóstomo). Senhor, preciso aprender a rezar para viver a virtude da caridade: a oração me dá força para viver cada dia melhor. Por isso, peço que me ajude a desculpar tanto as pequenas chatices dos outros, como perdoar as palavras e atitudes ofensivas e, sobretudo, a não ter rancores, e assim poder dizer-lhe sinceramente que perdoo de todo coração a quem me tem ofendido.
 
“Há apenas um caminho que conduz à água viva: a oração!” (Santa Teresa de Ávila)
À Jesus, toda a honra, louvor e adoração!
Shalom🙏Veni Sancte Spiritus! Veni Lumem Cordium!

Compartilhe Também

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

INSCREVA-SE NO BOLETIM INFORMATIVO

Inscreva-se para receber nossas últimas notícias

Mais para você ler

LOJA VIRTUAL

(Clique na imagem para acessar)

fechar
Comece a digitar para ver as postagens que está procurando.
Voltar Ao Topo