Reflexão do Evangelho 24/10/2021

Bom dia Espírito Santo! O que vamos fazer juntos hoje….

Evangelho de hoje, 24 de outubro (Mc 10,46-52): «Coragem, levanta-te! Jesus te chama!»
Jesus saiu de Jericó, junto com seus discípulos e uma grande multidão. O filho de Timeu, Bartimeu, cego e mendigo, estava sentado à beira do caminho. Quando ouviu dizer que Jesus, o Nazareno, estava passando, começou a gritar: “Jesus, filho de Davi, tem piedade de mim!” Muitos o repreendiam para que se calasse. Mas ele gritava mais ainda: “Filho de Davi, tem piedade de mim!” Então Jesus parou e disse: “Chamai-o”. Eles o chamaram e disseram: “Coragem, levanta-te, Jesus te chama!” O cego jogou o manto, deu um pulo e foi até Jesus. Então Jesus lhe perguntou: “O que queres que eu te faça?” O cego respondeu: “Mestre, que eu veja!” Jesus disse: “Vai, a tua fé te curou”. No mesmo instante, ele recuperou a vista e seguia Jesus pelo caminho.
 
COMENTÁRIO: “A cura de Bartimeu, o cego de Jericó” Quando Jesus passa por Jericó, um mendigo cego, chamado Bartimeu, procura ir ao encontro Dele, apesar da oposição de muitos que rodeiam o Senhor. Mas Jesus vê toda situação e a fé insistente daquele mendigo, manda chamá-lo e dialoga com ele. O cego se dirige ao Senhor com a mesma palavra que Maria Madalena usou na manhã da páscoa: «Rabboni! [que quer dizer Mestre]» (Jo 20,16-18). Esta expressão traduz estima, afeto… “Que queres que eu te faça?”, pergunta Jesus ao cego. Não é uma pergunta inútil. A cura começa pela relação entre o paciente e o médico. Além disso, a pergunta abre ao cego a oportunidade de manifestar sua fé. Responde Bartimeu: “Mestre, que eu veja!” Jesus restitui a vista ao cego e atribui a cura à sua fé. Uma vez curado, o cego se põe a seguir Jesus, isso é, após recuperar a visão, Bartimeu não irá mais desperdiçar seus olhos com as coisas do mundo, mas concentra em Jesus a sua visão. Fica bem claro que existe algo mais importante do que a simples cura física: trata-se da salvação!” Que o itinerário de conversão do cego do Evangelho, seja também o nosso: primeiro, acolhamos a Palavra de Deus; depois, deixemos as obras da carne (fornicação, impureza, libertinagem, idolatria, superstição, inimizades, brigas, ciúmes, ódio, ambição, discórdias, partidos, invejas, bebedeiras, orgias e outras coisas semelhantes – Gal 5,19-21); e, por fim, cresçamos na fé, até atingirmos a estatura de Cristo Jesus (Ef 4, 13).
 
Orai sem cessar: “Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta lhes será aberta!”
Tenha uma abençoada semana!
À Jesus, toda honra, louvor e adoração!
Shalom🙏Veni Sancte Spiritus! Veni Lumem Cordium!

Compartilhe Também

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

INSCREVA-SE NO BOLETIM INFORMATIVO

Inscreva-se para receber nossas últimas notícias

Mais para você ler