Reflexão do Evangelho 25/04/2021

Bom dia Espírito Santo! O que vamos fazer juntos hoje…

Evangelho de hoje, 25 de abril (Jo 10,11-18): «Jesus, o Bom Pastor»
«Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a vida por suas ovelhas. O mercenário, que não é pastor e a quem as ovelhas não pertencem, vê o lobo chegar e foge; e o lobo as ataca e as dispersa. Por ser apenas mercenário, ele não se importa com as ovelhas. Eu sou o bom pastor. Conheço as minhas ovelhas e elas me conhecem, assim como o Pai me conhece e eu conheço o Pai. Eu dou minha vida pelas ovelhas». Tenho ainda outras ovelhas, que não são deste redil; também a essas devo conduzir, e elas escutarão a minha voz, e haverá um só rebanho e um só pastor. É por isso que o Pai me ama: porque dou a minha vida. E assim, eu a recebo de novo. Ninguém me tira a vida, mas eu a dou por própria vontade. Eu tenho poder de dá-la, como tenho poder de recebê-la de novo. Tal é o encargo que recebi do meu Pai».
 
COMENTÁRIO: «O bom pastor dá a vida pelas suas ovelhas!» O serviço do bom pastor é a caridade. Por isso, Jesus diz que «Ele dá a vida pelas suas ovelhas». Pois é necessário saber o que o distingue: o bom pastor tem em vista o interesse do seu rebanho, o mau procura o seu próprio interesse. É exatamente o que diz o provérbio. «Ai dos pastores de Israel que se apascentam a si mesmos! Não é o seu rebanho que devem apascentar?» (Ez 34,2). Aquele que apenas usa o rebanho no seu próprio interesse não é bom pastor. Um bom pastor, no verdadeiro sentido, sofre muito pelo rebanho que guarda, como testemunha Jacó: «Eu era devorado de dia pelo calor, e de noite pelo frio» (Gn 31,40). Mas a salvação do rebanho espiritual importa mais do que a própria vida do pastor; por isso, logo que o rebanho corre perigo, o seu pastor tem de se dispor a perder a vida do seu corpo para salvação do rebanho. O Senhor disse: «O bom pastor dá a vida pelas suas ovelhas», a sua vida corporal pelo exercício caridoso da autoridade. Cristo deu-nos o exemplo: «Ele deu a vida por nós. Também nós devemos dar a nossa vida pelos irmãos» (1Jo 3,16) – (São Tomás de Aquino, teólogo dominicano, doutor da Igreja).
 
Zelemos pela nossa conduta. Que ela não seja conduta de insensatos e que saibamos distinguir, neste mundo de tantas ofertas, quem é realmente o bom pastor…
À Jesus, toda honra, louvor e adoração!
Shalom🙏Veni Sancte Spiritus! Veni Lumem Cordium!

Compartilhe Também

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

INSCREVA-SE NO BOLETIM INFORMATIVO

Inscreva-se para receber nossas últimas notícias

Mais para você ler