Reflexão do Evangelho 25/07/2022

Bom dia Espírito Santo! O que vamos fazer juntos hoje…

Hoje a Igreja celebra a “Festa de São Tiago Maior, Apóstolo de Jesus e Mártir”

Evangelho de hoje, 25 de julho (Mt 20,20-28): «Podes beber do cálice que eu vou beber?»
A mãe dos filhos de Zebedeu, com seus filhos, aproximou-se de Jesus e prostrou-se para lhe fazer um pedido. Ele perguntou: «Que queres?». Ela respondeu: «Manda que estes meus dois filhos se sentem, no teu Reino, um à tua direita e outro à tua esquerda». Jesus disse: «Não sabeis o que estais pedindo. Podeis beber o cálice que eu vou beber?». Eles responderam: «Sim, podemos». Declarou Jesus: «Do meu cálice bebereis, mas o sentar-se à minha direita e à minha esquerda não depende de mim. É para aqueles a quem meu Pai o preparou». Quando os outros dez ouviram isso, ficaram zangados com os dois irmãos. Jesus, porém, chamou-os e disse: «Sabeis que os chefes das nações as dominam e os grandes fazem sentir seu poder. Entre vós não deverá ser assim. Quem quiser ser o maior entre vós seja aquele que vos serve, e quem quiser ser o primeiro entre vós, seja vosso escravo. Pois o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a vida em resgate por muitos».

COMENTÁRIO: “Quem quiser tornar-se grande torne-se vosso servidor”! A mentalidade humana nos leva a desejar honras e glórias, porém, o discípulo não é maior do que o Mestre. Jesus sofreu por nós e foi até as últimas consequências bebendo o cálice que Lhe foi destinado. Nós, porém, desejamos ser colocados nos lugares de prestígio, e dar a impressão de que temos uma fé autêntica, mas não queremos “beber do cálice que o Pai nos dá”. Como a mãe dos filhos de Zebedeu, também almejamos para nós e para os “nossos”, os melhores cargos, as mais altas investiduras, os maiores prêmios, porém, sem sofrimento nem dificuldades. De fato, não sabemos o que estamos pedindo e nem temos ideia do tamanho da nossa audácia. Queremos que tudo “caia do céu” e não nos contentamos com pouco. Jesus, que se entregou por nós, também, nos pergunta hoje: “O que tu queres?” Nós precisamos ter consciência do que buscamos e do que esperamos receber do Senhor. Há pequenos martírios em nossas vidas. A mãe sofre os incômodos da gravidez e as dores do parto para gerar vida nova. O pai tem as mãos calejadas para sustentar a família. O médico se expõe ao contágio para cuidar dos enfermos, com parcos recursos. A mestra se sacrifica pelos alunos, mesmo tendo um baixo salário. E tanta gente simples que valoriza amigos e vizinhos, e acolhe o migrante que passa… O amor é assim. Vive para morrer. Morre para que o outro viva. E acha o seu sentido profundo quando gasta a vida pelo bem do outro…

Orai sem cessar: “Os que semeiam entre lágrimas, recolherão com alegria!” (Sl 125,5)
São Tiago Maior, Apóstolo de Jesus e mártir, rogai por nós e pela Igreja de Cristo e pelos cristãos perseguidos e martirizados no mundo inteiro!
Sangue de Cristo, torrente de Misericórdia, salvai-nos!
Shalom🙏Veni Lumem Cordium! Veni Sancte Spiritus!

Compartilhe Também

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

INSCREVA-SE NO BOLETIM INFORMATIVO

Inscreva-se para receber nossas últimas notícias

Mais para você ler

escort -
slotbaronline.com
- cratos casino giriş -

kolaybet.pro

- asya-bahis.net -

betcup.pro

-
casinovale.club
- bahsegel.club