Reflexão do Evangelho 25/11/2021

Bom dia Espírito Santo! O que vamos fazer juntos hoje….

Evangelho de hoje, 25 de novembro (Lc 21,20-28): «A Parusia – Segunda vinda de Cristo»
Naquele tempo, Jesus disse aos discípulos: «Quando virdes Jerusalém cercada de exércitos, ficai sabendo que a sua destruição está próxima. Então, os que estiverem na Judéia fujam para as montanhas; os que estiverem na cidade afastem-se dela, e os que estiverem fora da cidade, nela nem entrem. Pois esses dias são de vingança, para que se cumpra tudo o que dizem as Escrituras. Ai das mulheres grávidas e daquelas que estiverem amamentando naqueles dias, pois haverá grande angústia na terra e ira contra este povo. Serão abatidos pela espada e levados presos para todas as nações. E Jerusalém será pisada pelos pagãos, até que se complete o tempo marcado para eles. Haverá sinais no sol, na lua e nas estrelas. Na terra, as nações ficarão angustiadas, apavoradas com o bramido do mar e das ondas. As pessoas vão desmaiar de medo, só em pensar no que vai acontecer ao mundo, porque as potências celestes serão abaladas. Então, verão o Filho do Homem, vindo numa nuvem, com grande poder e glória. Quando estas coisas começarem a acontecer, levantai-vos e erguei a cabeça, porque a vossa libertação está próxima».
 
COMENTÁRIO: Hoje, Jesus se refere à comoção dos elementos da natureza quando chegar o fim do mundo. «As forças celestes serão abaladas», isso é, todo o universo tremerá diante da segunda vinda do Senhor no fim dos tempos. O Senhor, aplicando a Si mesmo a profecia de Daniel (7,13-14), fala da Sua vinda gloriosa. Os homens contemplarão o poder e a glória do Filho de Deus, que vem para julgar vivos e mortos, cada um segundo os próprios méritos: os que tenham respondido ao amor e à piedade de Deus irão para a vida eterna, mas os que os tenham rejeitado até ao fim serão destinados ao fogo que nunca cessará. É, pois, essa vinda do Senhor dia terrível para os maus e dia de gozo para aqueles que Lhe foram fiéis. Os bons hão de levantar a cabeça com gozo, porque se aproxima a sua redenção. Para eles é o dia do prêmio. A vitória obtida por Cristo na Cruz, vitória sobre o pecado, sobre o demônio e sobre a morte. Por isso o apóstolo Paulo recomenda que vivamos «aguardando a bem-aventurança esperada e a vinda gloriosa do grande Deus e Salvador nosso Jesus Cristo». Não é o “Cristo que vem” que nós devemos temer, mas o Cristo ausente em nossos dias, em nossas ações, em nossos projetos de vida, em nossos corações. A Sua presença é sinal de vida nova, mas a Sua ausência é a comprovação da morte. Erguer a cabeça e olhar para o alto significa que ainda esperamos algo “do Céu”, alguma intervenção divina na história dos homens. Vamos lá. Coragem! Buscai o Senhor enquanto Ele se deixa encontrar.
 
Neste “Dia de Ação de Graças”, todos nós temos inúmeros motivos para agradecer a Deus, a começar pelo dom da vida. Sejamos, pois, sensíveis e gratos pelos benefícios que o Senhor nos concede a todo instante!
Santa Catarina de Alexandria, rogai por nós, pelos cristãos martirizados no Brasil e no mundo inteiro e pelo fim da Pandemia!
À Jesus, toda a honra, louvor e adoração!
Shalom🙏Veni Sancte Spiritus! Veni Lumem Cordium!

Compartilhe Também

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

INSCREVA-SE NO BOLETIM INFORMATIVO

Inscreva-se para receber nossas últimas notícias

Mais para você ler