Reflexão do Evangelho 30/09/2021

Bom dia Espírito Santo! O que vamos fazer juntos hoje….

Evangelho de hoje, 30 de setembro (Lc 10,1-12): «A messe é grande, mas os trabalhadores são poucos»
O Senhor escolheu outros setenta e dois e os enviou, dois a dois, à sua frente, a toda cidade e lugar para onde ele mesmo devia ir. E dizia-lhes: «A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos. Pedi, pois, ao Senhor da colheita que mande trabalhadores para sua colheita. Eis que vos envio como cordeiros para o meio de lobos. Não leveis bolsa, nem sacola, nem sandálias, e não vos demoreis para saudar ninguém pelo caminho». Em qualquer casa em que entrardes, dizei primeiro: A paz esteja nesta casa! Se ali morar um amigo da paz, a vossa paz repousará sobre ele; senão, ela retornará a vós. Permanecei naquela mesma casa; comei e bebei do que tiverem, porque o trabalhador tem direito a seu salário. Não passeis de casa em casa. Quando entrardes numa cidade e fordes bem recebidos, comei do que vos servirem, curai os doentes que nela houver e dizei: O Reino de Deus está próximo de vós». Mas quando entrardes numa cidade e não fordes bem recebidos, saindo pelas ruas, dizei: Até a poeira de vossa cidade que se grudou aos nossos pés, sacudimos contra vós. No entanto, sabei que o Reino de Deus está próximo! Eu vos digo: naquele dia, Sodoma receberá sentença menos dura do que aquela cidade».
 
COMENTÁRIO: Ao enviar os Seus discípulos, Jesus lhes diz: «Envio-vos como cordeiros para o meio de lobos». Trata-se de animais que são inimigos, mas o Bom Pastor não teme o efeito que os lobos possam ter sobre o Seu rebanho; os discípulos não são enviados como presas, mas como distribuidores da graça. Graças à solicitude do Bom Pastor, os lobos nada podem contra os Seus cordeiros. Ele envia-os, pois, para que se cumpra esta palavra: nesse dia, «o lobo e o cordeiro pastarão juntos» (Is 65, 25). Aliás, os discípulos são enviados com a indicação de não levarem cajado na mão. E o que é este cajado, senão a insígnia do poder, o instrumento que vinga a dor? Assim, pois, aquilo que este Senhor humilde lhes prescreveu, cumprem-no os Seus discípulos pela prática da humildade. Porque Ele os envia a semear a fé, não por via da imposição, mas do ensino; não pela exibição da força do seu poder, mas pela exaltação da doutrina da humildade. E pareceu-Lhe bem juntar a humildade à paciência, porque Pedro declara: «Quando O insultavam não insultava e, sofrendo, não ameaçava» (1Ped 2, 23). Que é o mesmo que dizer: Sede Meus imitadores, abandonai o gosto pela vingança, respondei à arrogância, não com mau proceder, mas com uma paciência cheia de bondade. Ninguém deve imitar, por sua conta, aquilo que vê outro fazer; a doçura inflige golpes mais duros aos insolentes. E a golpes desses respondeu o Senhor dizendo: «Se alguém te bater na face direita, oferece-lhe também a outra» (Santo Ambrósio, Bispo de Milão e Doutor da Igreja).
 
Leia a Bíblia: “Traze sempre na boca (as palavras) deste livro da lei; medita-o dia e noite, cuidando de fazer tudo o que nele está escrito; assim prosperarás em teus caminhos e serás bem-sucedido” (Js 1,8).
São Jerônimo, que a sua paixão pelos textos sagrados nos incentive a aprofundar o conhecimento da Palavra de Deus!
À Jesus, toda honra, louvor e adoração!
Shalom🙏Veni Sancte Spiritus! Veni Lumem Cordium!

Compartilhe Também

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

INSCREVA-SE NO BOLETIM INFORMATIVO

Inscreva-se para receber nossas últimas notícias

Mais para você ler