Reflexão do Evangelho 04/10/2021

Bom dia Espírito Santo! O que vamos fazer juntos hoje….

Evangelho de hoje, 04 de outubro (Lc 10,25-37): «A parábola do Bom Samaritano»
Um doutor da Lei se levantou e, querendo experimentar Jesus, perguntou: «Mestre, que devo fazer para herdar a vida eterna?». Jesus lhe disse: «Que está escrito na Lei? Como lês?». Ele respondeu: «Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração e com toda a tua alma, com toda a tua força e com todo o teu entendimento; e teu próximo como a ti mesmo!». Jesus lhe disse: «Respondeste corretamente. Faze isso e viverás». Ele, porém, querendo justificar-se, disse a Jesus: «E quem é o meu próximo?». Jesus retomou: «Certo homem descia de Jerusalém para Jericó e caiu nas mãos de assaltantes. Estes arrancaram-lhe tudo, espancaram-no e foram-se embora, deixando-o quase morto. Por acaso, um sacerdote estava passando por aquele caminho. Quando viu o homem, seguiu adiante, pelo outro lado. O mesmo aconteceu com um levita: chegou ao lugar, viu o homem e seguiu adiante, pelo outro lado. Mas um samaritano, que estava viajando, chegou perto dele, viu, e moveu-se de compaixão. Aproximou-se dele e tratou-lhe as feridas, derramando nelas óleo e vinho. Depois colocou-o em seu próprio animal e o levou a uma pensão, onde cuidou dele. No dia seguinte, pegou dois denários e entregou-os ao dono da pensão, recomendando: Toma conta dele! Quando eu voltar, pagarei o que tiveres gasto a mais». E Jesus perguntou: «Na tua opinião, qual dos três foi o próximo do homem que caiu nas mãos dos assaltantes?». Ele respondeu: «Aquele que usou de misericórdia para com ele». Então Jesus lhe disse: «Vai e faze tu a mesma coisa».
 
COMENTÁRIO: «O que devo fazer para herdar a vida eterna?» Hoje, a mensagem evangélica assinala o caminho da vida: «Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração e teu próximo como a ti mesmo!» E porque Deus nos amou primeiro, nos leva à união com Ele. Santa Teresa de Calcutá disse: «Nós necessitamos essa união íntima com Deus na nossa vida quotidiana. Mas, como podemos consegui-la? Através da oração». Estando em união com Deus poderemos experimentar que tudo é possível com Ele, inclusive amar teu próximo. Alguém dizia que o programa do bom samaritano, o programa de Jesus, é «um coração que vê». Ver e parar! Na parábola, duas pessoas veem o necessitado, mas não param. Por isso Jesus repreende os fariseus dizendo: «Tendo olhos, não enxergais, e tendo ouvidos, não ouvis». Pelo contrário, o samaritano vê e para, tem compaixão e assim salva a vida do necessitado e a si mesmo. Quando o famoso arquiteto catalão Antônio Gaudí foi atropelado, algumas pessoas que passavam não pararam para ajudar aquele ancião ferido. Sem documento e pelo aspecto parecia um mendigo. Se tivessem sabido quem era aquele próximo, seguramente teriam feito fila para ajudá-lo. Quando praticamos o bem, pensamos que o fazemos pelo próximo, mas, também, o fazemos por Cristo: «Em verdade, vos digo: todas as vezes que fizestes isso a um destes pequeninos, que são meus irmãos, foi a mim que o fizestes!» E meu próximo, disse Bento XVI, é qualquer que tenha necessidade de mim e que eu possa ajudar. Se cada um, ao ver o próximo em necessidade, parasse e se compadecesse dele uma vez ao dia ou à semana, a crise diminuiria e o mundo seria melhor! «Nada nos faz tão semelhantes a Deus como as boas obras» (San Gregório de Nissa).
 
Orai sem cessar: «Querido Deus, ensina-me mais amar do que ser amado, mais perdoar do que ser perdoado!»
São Francisco de Assis, rogai por nós, por toda a criação, pela Igreja de Cristo e pelo fim da Pandemia!
🌏🐿️🦁🦒🦉🐯🦆🦚🐴🐢🕊️🐋
À Jesus, toda honra, louvor e adoração!
Shalom🙏Veni Sancte Spiritus! Veni Lumem Cordium!

Compartilhe Também

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

INSCREVA-SE NO BOLETIM INFORMATIVO

Inscreva-se para receber nossas últimas notícias

Mais para você ler