Reflexão do Evangelho 11/10/2021

Bom dia Espírito Santo! O que vamos fazer juntos hoje….

Evangelho de hoje, 11 de outubro (Lc 11,29-32): “Geração perversa e incrédula!”
Acorrendo as multidões em grande número, Jesus começou a dizer: «Esta geração é uma geração perversa. Busca um sinal, mas nenhum sinal lhe será dado, a não ser o sinal de Jonas. De fato, assim como Jonas foi um sinal para os ninivitas, assim também será o Filho do Homem para esta geração. No dia do juízo, a rainha do Sul se levantará juntamente com esta geração e a condenará, pois ela veio dos confins da terra para ouvir a sabedoria de Salomão, e aqui está quem é mais do que Salomão. No dia do juízo, os ninivitas se levantarão juntamente com esta geração e a condenarão; pois eles mostraram arrependimento com a pregação de Jonas, e aqui está quem é maior do que Jonas».
 
COMENTÁRIO: Jesus nos fala ao coração! Para uma alma que não crê, nem todos os milagres do mundo seriam suficientes. Só quem se deixa tocar pela graça e, com humildade, dá ouvido aos constantes apelos que Deus nos dirige ao coração pode reconhecer o quanto ele realmente nos ama e deseja logo a nossa conversão. No Evangelho de hoje, Jesus faz alusão aos judeus de sua época como uma geração má e perversa que está em busca de um sinal. E isto porque Deus já está falando conosco, embora na esmagadora maioria das vezes não lhe demos ouvido. Somos como Martas agitadas e inquietas, que se deixam levar pela primeira distração e não prestam atenção aos sinais interiores que o Senhor nos comunica. Nem mesmo ao maior deles, o próprio Verbo feito carne, estamos atentos. Daí a indignação com que Jesus repreende, não só os de sua época, mas também a nós, que hoje vivemos: aqueles viam milagres e portentos, mas preferiam arranjar pretextos para negar que Jesus fosse mesmo o Cristo esperado; nós, por termos o coração duro e lento para crer, nos fazemos como que “impermeáveis” aos apelos que Deus constantemente nos dirige, apelos externos, como pregações, experiências de vida, sofrimentos, provações; apelos internos, como graças atuais, convites à oração, uma moção especial para se confessar, etc.. Jesus nos interpela hoje e nos chama a ter a atitude que outrora tiveram os ninivitas, em cujos corações a voz interior de Deus ressoou e obteve resposta. Como eles, cuja perversidade o Senhor convertera pelo desajeitado instrumento que era o profeta Jonas, reconheçamos o quanto somos amados pelo Pai e com que urgência ele deseja que, arrependidos e penitentes, nos livremos da punição devida aos nossos pecados.
 
Ainda esperamos algum outro sinal a não ser o sinal da Cruz?
São João XXIII, rogai por nós, pela Igreja de Cristo e pelo fim da Pandemia!
À Jesus, toda a honra, louvor e adoração!
Shalom🙏Veni Sancte Spiritus! Veni Lumem Cordium!

Compartilhe Também

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

INSCREVA-SE NO BOLETIM INFORMATIVO

Inscreva-se para receber nossas últimas notícias

Mais para você ler