Reflexão do Evangelho 12/10/2021

Bom dia Espírito Santo! O que vamos fazer juntos hoje…

Evangelho de hoje, 12 de outubro (João 2,1-11): “Jesus e Maria nas Bodas de Caná”
Houve um casamento em Caná da Galileia. A mãe de Jesus estava presente. Também Jesus e seus discípulos tinham sido convidados para o casamento. Como o vinho veio a faltar, a mãe de Jesus lhe disse: “Eles não têm mais vinho”. Jesus respondeu-lhe: “Mulher, por que dizes isto a mim? Minha hora ainda não chegou”. Sua mãe disse aos que estavam servindo: “Fazei o que ele vos disser”. Estavam seis talhas de pedra colocadas aí para a purificação que os judeus costumam fazer. Em cada uma delas cabiam mais ou menos cem litros. Jesus disse aos que estavam servindo: “Enchei as talhas de água”. Encheram-nas até a boca. Jesus disse: “Agora tirai e levai ao mestre-sala”. E eles levaram. O mestre-sala experimentou a água que se tinha transformado em vinho. Ele não sabia de onde vinha, mas os que estavam servindo sabiam, pois eram eles que tinham tirado a água. O mestre-sala chamou então o noivo e lhe disse: “Todo mundo serve primeiro o vinho melhor e, quando os convidados já estão embriagados, serve o vinho menos bom. Mas tu guardaste o vinho bom até agora!” Este foi o início dos sinais de Jesus. Ele o realizou em Caná da Galileia e manifestou a sua glória, e seus discípulos creram nele.
 
COMENTÁRIO: Celebramos hoje com grande alegria a solenidade de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil. A solenidade deste dia nos traz à memória aquela atenção, aquele cuidado de uma Mãe que, nas bodas de Caná, adverte o Filho de que não há mais vinho. Antes do milagre os discípulos já criam que Jesus era o Messias; mas ainda tinham um conceito excessivamente terreno da Sua missão salvífica. São João testemunha aqui que este milagre foi o começo de uma nova dimensão da sua fé, que tornava mais profunda a que já tinham. O milagre de Caná constitui um passo decisivo na formação da fé dos discípulos. «Maria aparece como Virgem orante em Caná, onde, manifestando ao Filho com delicada súplica uma necessidade temporal, obtém também um efeito de graça: que Jesus, realizando o primeiro dos Seus ‘sinais’, confirme os discípulos na fé n’Ele». Por que terão tanta eficácia os pedidos de Maria diante de Deus? As orações dos santos são orações de servos, enquanto as de Maria são orações de Mãe, donde procede a sua eficácia e caráter de autoridade; e como Jesus ama imensamente Sua Mãe, não pode rogar sem ser atendida. Para conhecer bem a grande bondade de Maria recordemos o que refere o Evangelho… Faltava o vinho, com o consequente apuro dos esposos. Ninguém pede à Santíssima Virgem que interceda diante do seu Filho em favor dos consternados esposos. Contudo, o coração de Maria, que não pode deixar de se compadecer dos infelizes, impeliu-a a encarregar-se por si mesma do ofício de intercessora e a pedir ao Filho o milagre, apesar de ninguém lhe ter pedido. Se a Senhora agiu assim sem que lhe tivessem pedido, que teria sido se lhe tivessem pedido?». Precisa de algo? Está esperando o que?
 
Orai sem cessar: “Óh, Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós!”
Maria, Mãe de Jesus, rogai pelo Brasil, pelas crianças do mundo inteiro e pelo fim da Pandemia!
À Jesus, toda a honra, louvor e adoração!
Shalom🙏Veni Sancte Spiritus! Veni Lumem Cordium!

Compartilhe Também

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

INSCREVA-SE NO BOLETIM INFORMATIVO

Inscreva-se para receber nossas últimas notícias

Mais para você ler