Reflexão Do Evangelho 20/06/2021

Bom dia Espírito Santo! O que vamos fazer juntos hoje…

Evangelho de hoje, 20 de junho (Mc 4,35-41): «Por que sois tão medrosos? Ainda não tendes fé?»
Naquele dia, ao cair da tarde, Jesus disse aos discípulos: «Passemos para a outra margem!”». Eles despediram as multidões e levaram Jesus, do jeito como estava, consigo no barco; e outros barcos o acompanhavam. Veio, então, uma ventania tão forte que as ondas se jogavam dentro do barco; e este se enchia de água. Jesus estava na parte de trás, dormindo sobre um travesseiro. Os discípulos o acordaram e disseram-lhe: «Mestre, não te importa que estejamos perecendo?». Ele se levantou e repreendeu o vento e o mar: «Silêncio! Cala-te!» O vento parou, e fez-se uma grande calmaria. Jesus disse-lhes então: «Por que sois tão medrosos? Ainda não tendes fé?». Eles sentiram grande temor e comentavam uns com os outros: «Quem é este, a quem obedecem até o vento e o mar?».
 
COMENTÁRIO: O episódio da tempestade acalmada, cuja recordação deve ter devolvido muitas vezes a serenidade aos Apóstolos no meio das suas lutas e dificuldades, serve também a cada alma para nunca perder o “ponto de vista” sobrenatural: a vida do cristão é comparável a uma barca: «Assim como a nave que atravessa o mar, comenta S. Afonso Maria de Ligório, está sujeita a milhares de perigos, corsários, incêndios e tempestades, assim o homem se vê assaltado na vida por milhares de perigos, de tentações, ocasiões de pecar, escândalos ou maus conselhos dos homens, respeitos humanos e, sobretudo, pelas paixões desordenadas. Nem por isto há que desconfiar nem desesperar-se. Pelo contrário, quando alguém se vê assaltado por uma paixão incontrolada, ponha os meios humanos para evitar as ocasiões e apoie-se em Deus: no furor da tempestade não deixa o marinheiro de olhar para a estrela cuja claridade o terá de guiar para o porto. De igual modo nesta vida temos sempre de ter os olhos fixos em Deus, que é o único que nos há de livrar de tais perigos». Hoje, Jesus acalma a tempestade no Mar da Galileia. É um fato histórico. Ao mesmo tempo, é um símbolo da vida de cada um e da Igreja. Muitas vezes enfrentamos tempestades. Deparamo-nos com dificuldades na vida pessoal, no trabalho, no apostolado, no mundo. Parece que o Senhor está dormindo, nem sempre é fácil perceber a sua presença. Assim é a nossa vida, como uma barca em alto mar, cheia de perigos e turbulências. Porém, Jesus nos ensina que com confiança, fé e coragem é possível vencer o mal e todos os obstáculos, mesmo nos momentos mais difíceis, porque Ele está conosco! 
 
Orai sem cessar: “Não me abandoneis, Senhor. Ó meu Deus, não fiqueis longe de mim. Depressa, vinde em meu auxílio, Senhor, minha salvação!” (Sl 37,22-23)
A Jesus, toda honra, louvor e adoração!
Tenha uma abençoada semana!
Shalom🙏Veni Sancte Spiritus! Veni Lumem Cordium!

Compartilhe Também

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

INSCREVA-SE NO BOLETIM INFORMATIVO

Inscreva-se para receber nossas últimas notícias

Mais para você ler