Reflexão Do Evangelho 22/03/2021

Bom dia Espírito Santo! O que vamos fazer juntos hoje…

Evangelho de hoje, 22 de março (Jo 8,1-11): «Vai, e de agora em diante não peques mais»
Jesus foi para o Monte das Oliveiras. De madrugada, voltou ao templo, e todo o povo se reuniu ao redor dele. Sentando-se, começou a ensiná-los. Os escribas e os fariseus trouxeram uma mulher apanhada em adultério. Colocando-a no meio, disseram a Jesus: «Mestre, esta mulher foi flagrada cometendo adultério. Moisés, na Lei, nos mandou apedrejar tais mulheres. E tu, que dizes?». Eles perguntavam isso para experimentá-lo e ter motivo para acusá-lo. Mas Jesus, inclinando-se, começou a escrever no chão, com o dedo. Como insistissem em perguntar, Jesus ergueu-se e disse: «Quem dentre vós não tiver pecado, atire a primeira pedra!». Inclinando-se de novo, continuou a escrever no chão. Ouvindo isso, foram saindo um por um, a começar pelos mais velhos. Jesus ficou sozinho com a mulher que estava no meio, em pé. Ele levantou-se e disse: «Mulher, onde estão eles? Ninguém te condenou?». Ela respondeu: «Ninguém, Senhor!» Jesus, então, lhe disse: «Eu também não te condeno. Vai, e de agora em diante não peques mais».
 
COMENTÁRIO: «Eu também não te condeno. Vai, e de agora em diante não peques mais». É de chamar a atenção à serenidade de Jesus, mesmo em momentos de grande tensão. É um ensinamento prático, nestes nossos dias de vertiginosa velocidade em que nos inquietam os nervos em diversas ocasiões. A atitude daqueles que acusam nos recorda de que quem julga é apenas Deus e que todos nós somos pecadores. Em nossa vida diária fazemos juízos de valor, quase sempre errôneos. Verdadeira injustiça que nos obriga a reparar, tarefa nem sempre fácil. Ao contemplar a atitude de Jesus, entendemos muito bem o que assinalou Santo Tomás de Aquino: «A justiça e a misericórdia estão tão unidas que uma sustenta a outra. A justiça sem misericórdia é crueldade; e a misericórdia sem justiça é ruína, destruição». Temos de nos encher de alegria ao saber, com certeza, que Deus nos perdoa tudo, no sacramento da Confissão. Nesta Quaresma temos a oportunidade magnífica de acorrer a quem é rico em misericórdia, no sacramento da Reconciliação. Além disso, um propósito concreto para o dia de hoje: ao ver os demais, direi as mesmas palavras de Jesus: «Eu também não te condeno»! Lembremos sempre: Deus nunca Se cansa de perdoar, somos nós que nos cansamos de pedir a sua misericórdia.
 
Orai sem cessar: “Julgando os outros condenas a ti mesmo, já que fazes as mesmas coisas, tu que julgas!” (Rm 2, 1,)
Tenha uma abençoada semana!
São José, servo justo e fiel, rogai por nós e pelo fim da pandemia e de todo mal que a circunda!
À Jesus, toda honra, louvor e adoração!
Shalom🙏Veni Sancte Spiritus! Veni Lumem Cordium!

Compartilhe Também

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

INSCREVA-SE NO BOLETIM INFORMATIVO

Inscreva-se para receber nossas últimas notícias

Mais para você ler