Reflexão do Evangelho 23/07/2021

Bom dia Espírito Santo! O que vamos fazer juntos hoje…

Evangelho de hoje 23 de julho, (Mt 13,18-23): «Jesus explica a parábola do semeador»
Naquela ocasião, disse Jesus a seus discípulos: «Vós, portanto, ouvi o significado da parábola do semeador. A todo aquele que ouve a palavra do Reino e não a compreende, vem o Maligno e rouba o que foi semeado em seu coração; esse é o grão que foi semeado à beira do caminho. O que foi semeado nas pedras é quem ouve a palavra e logo a recebe com alegria; mas não tem raiz em si mesmo, é de momento: quando chega tribulação ou perseguição por causa da palavra, ele desiste logo. O que foi semeado no meio dos espinhos é quem ouve a palavra, mas as preocupações do mundo e a ilusão da riqueza sufocam a palavra, e ele fica sem fruto. O que foi semeado em terra boa é quem ouve a palavra e a entende; este produz fruto: um cem, outro sessenta e outro trinta».
 
COMENTÁRIO: “Vós, portanto, ouvi o significado da parábola do semeador”: Deus é um agricultor paciente. Os tempos pertencem ao Pai, porque só Ele sabe o dia e a hora de ceifar e de separar os grãos da palha. Deus espera! Também nós temos de esperar, sincronizando o relógio da nossa esperança com o desígnio salvador de Deus. Diz o Apóstolo São Tiago «Olhai o agricultor: ele espera com paciência o precioso fruto da terra, até cair a chuva do outono ou da primavera» (Tg 5,7). Deus espera a colheita fazendo-la crescer com a sua graça. Nós tampouco não podemos dormir, mas devemos colaborar com a graça de Deus prestando a nossa cooperação, sem pôr obstáculos a esta ação transformadora de Deus. O êxito da colheita não se encontra nas nossas estratégias humanas nem no marketing, mas na iniciativa salvadora de Deus “rico em misericórdia” e na eficácia do Espírito Santo, que pode transformar as nossas vidas para que demos frutos saborosos de caridade e de contagiosa alegria. Tenhamos paciência. Deus está no controle de tudo.
 
Orai sem cessar: “Senhor, conservo no fundo do coração tua Palavra!” (Sl 118,11)
Santa Brígida, rogai por nós, por todos os enfermos e pelo fim da Pandemia!
Sangue de Cristo, torrente de Misericórdia, salvai-nos!
Shalom🙏 Veni Sancte Spiritus! Veni Lumem Cordium!

Compartilhe Também

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

INSCREVA-SE NO BOLETIM INFORMATIVO

Inscreva-se para receber nossas últimas notícias

Mais para você ler