Reflexão do Evangelho 26/07/2021

Bom dia Espírito Santo! O que vamos fazer juntos hoje…

Evangelho de hoje, 26 de julho (Mt 13,16-17): «O que vemos e o que ouvimos»
Disse Jesus a seus discípulos: “Felizes sois vós, porque vossos olhos veem e vossos ouvidos ouvem. Em verdade vos digo, muitos profetas e justos desejaram ver o que vedes, e não viram, desejaram ouvir o que ouvis, e não ouviram”.
 
COMENTÁRIO: Memória de São Joaquim e Sant’Ana, pais da Virgem Maria e avósde Jesus. Maria, Mãe de Cristo e da Igreja, deu-nos a vida sobrenatural da graça de modo tão verdadeiro como nossas mães nos transmitiram a vida natural do corpo. Por isso, a Virgem bendita, diligentíssima e cheia de cuidado, a toda hora nutre, protege, faz crescer e amadurecer a nossa vida sobrenatural até que ela chegue um dia à perfeição. E foi Deus mesmo quem assim o quis, dispondo desde a eternidade em seus libérrimos desígnios que da superabundância dos méritos de Cristo recebesse um verdadeiro e eficaz influxo salvífico aquela escolhida para dar à luz o Redentor da humanidade (Concílio Vaticano II, Constituição “Lumen gentium”, n. 60). É por essa razão que, enquanto peregrinamos neste mundo, temos de nos esforçar continuamente por crescer na devoção a esta tão boa Mãe, já que é muito improvável que “uma pessoa possa adquirir uma íntima união com Nosso Senhor e uma perfeita fidelidade ao Espírito Santo sem uma grande união com a Virgem Santíssima e uma grande dependência de seu socorro” (S. Luís M. G. de Montfort, Tratado da Verdadeira Devoção, n. 43). E ninguém mais do que os próprios pais de Maria SS., São Joaquim e Sant’Ana, nos serão de maior auxílio neste trabalho quotidiano de amá-la cada vez mais. Que os santos avós de nosso Salvador roguem por nós do alto do céu e nos deem a graça, por sua intercessão, de termos uma terna e entranhável devoção à Imaculada, cujo auxílio, se é necessário para a nossa salvação, é ainda mais proveitoso para a nossa santificação, pois quem a ela recorre confiadamente entra pelo caminho mais curto e ligeiro para chegar sem demora aos cimos da união com Deus todo-poderoso (A. Royo Marín, La Virgen María. Madrid: BAC, 1968, n. 365).
 
São Joaquim e Santa Ana são venerados como pais da Virgem Maria e avós de Jesus. Rezemos por todos os avós, neste seu dia, e busquemos neles a sabedoria de vida!
São Joaquim e Sant’Ana, pais da Virgem Maria, rogai por nós e pelo fim da Pandemia!
Shalom🙏Veni Sancte Spiritus! Veni Lumem Cordium!

Compartilhe Também

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

INSCREVA-SE NO BOLETIM INFORMATIVO

Inscreva-se para receber nossas últimas notícias

Mais para você ler