Reflexão do Evangelho 27/04/2022

Bom dia Espírito Santo! O que vamos fazer juntos hoje…!

Evangelho de hoje, 27 de abril (Jo 3,16-21): «A luz veio ao mundo, mas os homens amaram mais as trevas do que a luz»
De fato, Deus amou tanto o mundo, que deu o seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por ele. Quem crê nele não será condenado, mas quem não crê já está condenado, porque não acreditou no nome do Filho único de Deus. Ora, o julgamento consiste nisto: a luz veio ao mundo, mas os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. Pois todo o que pratica o mal odeia a luz e não se aproxima da luz, para que suas ações não sejam denunciadas. Mas quem pratica a verdade se aproxima da luz, para que suas ações sejam manifestadas, já que são praticadas em Deus.

COMENTÁRIO: As maravilhas e as manifestações do amor de Deus por nós são inesgotáveis. O amor divino não se manifesta apenas no fato de termos sido adotados, mas também na forma admirável escolhida por Deus para realizar em nós essa adoção. Deus nos ama com um amor infinito, um amor paternal; mas ama-nos no seu Filho. Para nos tornar filhos, Deus nos dá o seu Filho, Cristo Jesus, dom supremo do amor: «Deus amou tanto o mundo que entregou o seu Filho Unigênito». E por que razão nos dá? Para Ele ser a nossa sabedoria, a nossa santificação, a nossa redenção, a nossa justiça, a nossa luz e o nosso caminho, o nosso alimento e a nossa vida – numa palavra, para Ele servir de mediador entre Deus e nós. Cristo Jesus, o Verbo encarnado, ultrapassou o abismo que separava o homem de Deus. É no seu Filho e por seu Filho que Deus derrama do Céu sobre a nossa alma todas as bênçãos divinas da graça, que nos permitem viver como filhos dignos deste Pai celeste (Ef 1,3). Todas as graças nos vêm por Jesus, é por Ele que todos os bens vêm do Céu; deste modo, Deus nos ama na medida em que nós amamos o seu Filho Jesus e acreditamos nele. É o próprio Senhor que nos dirige estas palavras: «O Pai ama-vos porque vós Me amais e credes que saí de Deus» (Jo 16,27). Quando o Pai vê uma alma cheia de amor a seu Filho, cumula-a de bênçãos abundantes! (Beato Columba Marmion, abade).

Orai sem cessar: “Ele me amou e Se entregou por mim” (Gal 2,20)
À Jesus, toda honra, louvor e adoração!
Shalom🙏Veni Sancte Spiritus! Veni Lumem Cordium!

Compartilhe Também

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

INSCREVA-SE NO BOLETIM INFORMATIVO

Inscreva-se para receber nossas últimas notícias

Mais para você ler

escort -
slotbaronline.com
- cratos casino giriş -

kolaybet.pro

- asya-bahis.net -

betcup.pro

-
casinovale.club
- bahsegel.club