Reflexão Do Evangelho 22/08/2021

Bom dia Espírito Santo! O que vamos fazer juntos hoje….

Evangelho de hoje, 22 de agosto (Jo 6,60-69): «Vós também quereis ir embora?»
Muitos dos discípulos de Jesus que o escutaram disseram: «Esta palavra é dura. Quem consegue escutá-la?». Percebendo que seus discípulos estavam murmurando por causa disso, Jesus perguntou: «Isso vos escandaliza? Que será, então, quando virdes o Filho do Homem subir para onde estava antes? O Espírito é que dá a vida. A carne para nada serve. As palavras que vos falei são Espírito e vida. Mas há alguns entre vós que não creem». Jesus sabia desde o início quem eram os que acreditavam e quem havia de entregá-lo. E acrescentou: «É por isso que eu vos disse: ‘Ninguém pode vir a mim, a não ser que lhe seja concedido pelo Pai’». A partir daquele momento, muitos discípulos o abandonaram e não mais andavam com ele. Jesus disse aos Doze: «Vós também quereis ir embora?» Simão Pedro respondeu: «A quem iremos, Senhor? Tu tens palavras de vida eterna. Nós cremos firmemente e reconhecemos que tu és o Santo de Deus».
 
COMENTÁRIO: «A quem iremos, Senhor? Tu tens palavras de vida eterna. Nós cremos firmemente e reconhecemos que Tu és o Santo de Deus»! A promessa da Eucaristia, que tinha provocado naqueles ouvintes de Cafarnaum discussões e escândalo, acaba por produzir o abandono de muitos que O tinham seguido. Jesus tinha exposto uma verdade maravilhosa e salvífica, mas aqueles discípulos se fechavam à graça divina, não estavam dispostos a aceitar algo que superava a sua mentalidade estreita. O mistério da Eucaristia exige um especial ato de fé. Por isso, São João Crisóstomo aconselhava: «Inclinemo-nos diante de Deus; não O contradigamos, mesmo quando o que Ele diz possa parecer contrário à nossa razão e à nossa inteligência. Observemos esta mesma conduta relativamente ao mistério (eucarístico), não considerando somente o que cai debaixo dos sentidos, mas atendendo às Suas palavras. Porque a Sua palavra não pode enganar». Este passo é parecido ao da confissão de Pedro em Cesareia de Filipe (Mt 16,13-20; Mc 8,27-30), onde também o Príncipe dos Apóstolos se adianta em nome dos Doze a expressar a sua fé em que Jesus é o Messias. Perante a incredulidade de outros ouvintes, os Apóstolos não se escandalizam do que o Senhor disse, mas mostram ter já uma confiança muito arraigada no Mestre, a quem não querem abandonar. As palavras de Simão Pedro não são só uma adesão humana, mas uma verdadeira fé sobrenatural, embora ainda imperfeita, fruto de uma moção interna da graça divina (Mt 16,17). Que fé e que obediência tenho no Senhor e no que a Igreja ensina?
 
Orai sem cessar: “Senhor, Só Tu tens palavras de vida eterna. Creio que Tu és o santo de Deus!”
À Jesus, toda honra, louvor e adoração!
Tenha uma abençoada semana!
Shalom🙏Veni Sancte Spiritus! Veni Lumem Cordium!

Compartilhe Também

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

INSCREVA-SE NO BOLETIM INFORMATIVO

Inscreva-se para receber nossas últimas notícias

Mais para você ler